Conectado com

Policial

Policia encontra boné de rondonense desaparecido, à 500 metros de carro incendiado

Celular da vitima foi encontrado queimado no interior do Fiat Uno.

Ainda não há pistas do paradeiro do rondonense, Arlindo Jacoboski, de 54 anos, desaparecido desde a manha de ontem, quinta-feira.

Ele saiu de casa para o trabalho por volta das 7 horas, utilizando seu veículo Fiat Uno, com placas AGD-6326, de Marechal Cândido Rondon.

Arlindo saiu de sua casa, no Jardim Ana Paula e tinha como destino uma obra na Vila Gaucha, porém, não chegou para trabalhar.

No decorrer da manhã, bombeiros e Policia Militar foram acionados em virtude de um veículo que estava em chamas, em uma estrada rural da Linha Palmital, interior de Marechal Cândido Rondon.

No local, os militares identificaram que o carro totalmente destruído pelas chamas era o de propriedade de Arlindo Jacoboski.

Antes do incêndio, três das quatro rodas do carro foram retiradas – e junto com o estepe – levadas das imediações.

No interior do Fiat Uno, a Policia encontrou o celular da vitima queimado.

Também próximo do automóvel foi encontrado um isqueiro e um recipiente, possivelmente utilizado para transportar a gasolina que foi usada para provocar o incêndio.

Na data de ontem, o boné da vitima foi encontrado numa região de mato, a cerca de 500 metros do veículo incendiado.

Policiais militares da Segunda Companhia e do BPFron fizeram uma varredura na região da Linha Palmital – incluindo a participação do Pelotão Canil do Batalhão de Fronteira, contudo, nenhum avanço foi registrado.

Ate agora, não há informações sobre o paradeiro do rondonense Arlindo Jacoboski, de 54 anos, que é operador de máquina, e por conta do período de entressafra fazia “bicos” como servente de pedreiro.

Policial

Policia Civil de Marechal Rondon estoura “boca de fumo” no Bairro Botafogo

Delegado Rodrigo fala com exclusividade

Continue Lendo

Policial

Mulher de Pato Bragado é vitima de golpe de quase R$ 10 mil

Ela conseguiu identificar o crime antes e bloqueou o dinheiro

Por volta das 15 horas desta quinta-feira (29) compareceu no Destacamento da Policia Militar de Pato Bragado, uma mulher a qual relatou que na parte da manha, havia recebido contato via whatssap se identificando como Consultor Financeiro, e solicitado uma foto de seu RG, a fim de fazer o cancelamento de um cartão de crédito, e o ressarcimento de taxas, que segundo o consultor, chegariam a 199% ao ano.

Ato contínuo, por achar se tratar realmente de um consultor, a vítima repassou os dados.

Apos desconfiar, se dirigiu ate a agência bancaria de Pato Bragado, onde possui conta-corrente, e teria sido informada de que alguém havia solicitado um empréstimo no valor de R$ 9.920,76.

Sendo apurado que se tratava de golpe, e como o dinheiro ainda estava disponível na conta da vitima, foi feito o bloqueio do recurso, para que os estelionatários não conseguissem sacar.

O caso passa a ser investigado pela Policia Civil de Marechal Rondon.

 

 

Continue Lendo

Policial

Homem denuncia crime de injúria racial: “insinuaram que sou macaco”

Crime aconteceu enquanto vitima descarregava bananas em um mercado de Pato Bragado

  

Um caso de injuria racial foi registrado pelo Destacamento da Policia Militar de Pato Bragado.

O denunciante, que afirma ser negro, relatou que trabalhava no descarregamento de mercadorias – frutas – quando uma pessoa teria apontado o dedo para caixas com bananas e teria dito “Veja, olha o que você gosta”.

Diante do comentário, o cidadão afirmou que teria se sentido ofendido e descriminado, aja vista o duplo sentido do comentário que daria a entender que a pessoa teria o chamado de macaco e por isso resolveu registrar queixa.

 

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.