Conectado com

Policial

Restos mortais de mulher assassinada há um ano são encontrados na zona rural

Catve

O corpo de uma jovem de 28 anos, assassinada há cerca de um ano, foi localizado por equipes da Polícia Militar e da Delegacia de Homicídios na madrugada desta quinta-feira, no distrito de Rio do Salto, área rural de Cascavel.

O autor do crime foi denunciado pela amásia após agredi-la 

O caso veio à tona após a prisão do principal suspeito do crime na noite de quarta-feira, por violência doméstica.

O rapaz de 27 anos foi detido pela PM na Rua Rio Verde, no Loteamento Riviera, após agredir a amásia, uma mulher de 58 anos.

A vítima relatou à equipe policial que o companheiro ameaçou-a de morte, além de agarrá-la pelo pescoço e tentar asfixiá-la.

Segundo a mulher, ele aparentava estar sob efeito de drogas.

Após as agressões, a Polícia Militar foi acionada e realizou a prisão do rapaz, que foi encaminhado a 15ª Subdivisão Policial.

Já na Delegacia, a mulher revelou que o companheiro havia assassinado a nora dela, Oracilda Aparecida Rodrigues, a pauladas.

O crime ocorreu há aproximadamente um ano, mas ela não denunciou o caso ao setor policial porque era ameaçada constantemente pelo suspeito.

Ainda conforme a mulher, o amásio havia ido a Rio do Salto durante a tarde de quarta-feira, na companhia de um adolescente.

Eles foram até o local onde o corpo de Oracilda estava enterrado.

O suspeito, então, desenterrou e ateou fogo nos restos mortais da vítima, na tentativa de destruir as provas do homicídio.

Posteriormente, a Polícia Militar localizou o adolescente, que indicou onde estava a ossada da mulher.

Segundo relatos do jovem, o suspeito afirmou que aquele seria seu “cemitério particular”, indicando que haveriam outros corpos ali enterrados, entretanto, ele não revelou porque decidiu ir até o local durante a tarde de quarta-feira.

A área foi isolada pela PM, até a chegada do Instituto de Criminalística, que realizou perícia e fez o recolhimento do pouco que sobrou do corpo da vítima.

O suspeito permanece detido na Cadeia Pública de Cascavel e, além do crime de violência doméstica contra a amásia, ele deve ser autuado em flagrante por ocultação de cadáver e responder pelo homicídio de Oracilda.

O adolescente também foi levado à SDP e liberado após prestar depoimento, já que, inicialmente, ele não teve participação no homicídio, nem na ocultação do cadáver.

Continue Lendo
Publicidade

Policial

Corpo de homem é encontrado na barranca do Lago de Itaipu no interior de Santa Helena

Correio do Lago

O cadáver de um homem foi encontrado no Lago de Itaipu, na linha União, em São Clemente, interior de Santa Helena, na manhã desta quinta-feira (17).

Populares teriam avistado o corpo e acionado a Polícia Civil de Santa Helena.

O homem foi identificado por moradores da região como sendo Demétrio José Pereira dos Santos, 65 anos de idade. Demétrio teria sido visto pela última vez na terça-feira (15).

As policias Civil e Militar estão no local e o IML é aguardado para retirar o corpo, confirmar sua identificação com os familiares e apontar a causa da morte.

Fonte: Correio do Lago

Continue Lendo

Policial

PM de Mercedes recupera caminhonete furtada carregada com cigarros

A Polícia Militar de Mercedes recuperou uma caminhonete roubada que estava carregada com cigarros.

Conforme a PM, a equipe policial recebeu informações sobre uma caminhonete abandonada na BR-163.

Os policiais foram até o local e encontraram uma Ford/Ranger, de cor branca, sem nenhum ocupante.

Ao verificar o interior da mesma, constataram que a mesma estava carregada com cigarros do Paraguai.

Em revista mais minuciosa, os policiais constaram ainda que o veículo possuía um rádio transmissor e portava placas falsas de Curitiba, sendo que as originais são de Iporã.

A Ranger também possuía registrou de roubo e foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Federal de Guaíra.

Continue Lendo

Geral

Presos da cadeia de Mal. Rondon recebem atendimento médico dentro da unidade prisional

TarobáNews

Uma parceria entre a regional de Cascavel do Departamento Penitenciário do Paraná e o Conselho da Comunidade de Marechal Cândido Rondon, por meio da Secretaria Municipal da Saúde do município, tem permitido que presos da Cadeia Pública da cidade recebam atendimento médico sem sair da unidade.

O acordo reduz a necessidade de transporte de presos, o que gera economia aos cofres públicos.

“Isso reflete até na economia com escoltas e, ao evitar deslocamentos desnecessários, priorizamos a segurança dos agentes penitenciários”, explica o chefe da Cadeia Pública, Valdemir Roza dos Santos, que contou que as idas à Unidade de Pronto Atendimento da cidade, também reduziu de nove para apenas duas por semana.

A assistência à saúde da pessoa privada de liberdade é prevista pela Lei de Execução Penal.

Segundo o chefe da unidade, as consultas ocorrem na última semana de cada mês, em um espaço já preparado para isso.

Foi obtida a doação de uma maca, armários para guardar os insumos, usados pelos profissionais da saúde e os arquivos dos prontuários.

Foi preparada uma sala que antes era usada como um depósito.

Valdemir afirmou ainda que a iniciativa tem dado ótimos resultados, pois evita que doenças recorrentes no sistema prisional, como a tuberculose, por exemplo, se alastrem.

O interno recebe todo o acompanhamento e, caso o médico prescreva algum medicamento ao paciente preso, a própria equipe se responsabiliza em buscar o remédio na Farmácia Básica.

A equipe médica, que é disponibilizada pela Secretaria Municipal da Saúde de Marechal Cândido Rondon, dá garantia de um atendimento humanizado à população carcerária.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.