Conectado com

Geral

Semana inicia com vacinação em rondonenses com 39 anos ou mais, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo e segunda dose da Astrazeneca.

A Secretaria de Saúde de Marechal Rondon ofertará na segunda-feira, dia 12, das 8h às 13h, vacina para caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo, além de segunda dose da marca Astrazeneca.

Na estação rodoviária serão ofertadas 255 doses para caminhoneiros e outras 10 para trabalhadores do transporte coletivo. Para ambas as categorias, serão ofertadas dose única da Janssen.

No caso dos caminhoneiros, além de documentos pessoais, cartão SUS e carteira de vacinação (se tiver), estes deverão comprovar a profissão com alguma das seguintes opções: carteira de trabalho ou crachá funcional, contracheque com documento de identidade, carteira de sócio (a) de cooperativa do transporte de carga (categoria de motorista), carteira de sócio (a) dos sindicatos de transportes (categoria de motorista) ou comprovante de inscrição no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC).

Já quem trabalha no transporte coletivo, tem as seguintes formas de comprovação: carteira de trabalho ou crachá funcional, contracheque com documento de identidade, carteira de sócio (a) dos sindicatos de transportes (categoria profissional) ou cooperativas de transporte. Trabalhadores do transporte coletivo são os ligados a manutenção de veículos e maquinários, operações (motoristas, cobradores, fiscais, etc.), serviços administrativos e serviços gerais (limpeza, conservação, vigilância, inspeção de segurança e etc.).

Segunda dose

No parque de exposições, das 8h às 13h, serão ofertadas as doses de reforço da Astrazeneca, ou seja, quem recebeu a primeira dose a mais de 90 dias, deverá receber a dose de reforço.

39 anos
Para os rondonenses com 39 anos ou mais, a vacinação acontecerá das 16h às 20, na estação rodoviária e no parque de exposições. No mesmo período será ofertada a primeira dose para pessoas com 18 anos ou mais e que tenham alguma comorbidade ou deficiência permanente.

Para receber a vacina é necessário portar documentos pessoais, cartão SUS e carteira de vacinação (se tiver). No caso de pessoas com comorbidade ou deficiência, também deverão apresentar uma declaração médica atestando tal condição.

A vacinação será no sistema “drive thru” e as senhas serão entregues a partir das 16h, seguindo a fila dos veículos.
Na estação rodoviária, a entrada será pela rua Goiás e saída pela rua Minas Gerais. No parque de exposições, entrada pelo acesso próximo ao Café Colonial.

 

 

Fonte: Assessoria

Geral

Ministra defende a evolução dos sistemas alimentares com circunstâncias locais

Durante a Pré-Cúpula de Sistemas Alimentares, ontem  em Roma, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse que as perspectivas dos países das Américas devem ser não apenas ouvidas, mas também incorporadas às narrativas que estão sendo produzidas.

Segundo ela, é necessário reconhecer a diversidade de sistemas produtivos e de caminhos para torná-los mais sustentáveis..

 

O evento em Roma  foi promovido pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura , na Embaixada do Brasil na capital italiana, e teve como objetivo apresentar o documento “Principais mensagens no caminho para a Cúpula das Nações Unidas sobre os Sistemas Alimentares na perspectiva da agricultura das Américas”.

A ministra também falou sobre os princípios estruturantes do debate sobre sistemas alimentares, como o papel fundamental do comércio internacional e a ciência e inovação como ferramentas para avançar no desenvolvimento de boas práticas sustentáveis.

Segundo ela, a agricultura não pode ser colocada como a única responsável pelo aquecimento global…

 

Continue Lendo

Geral

PRF programa novo leilão de veículos apreendidos

Entre carros e motocicletas são 360 itens

 

A Polícia Rodoviária Federal vai leiloar 360 veículos apreendidos no Paraná , dando oportunidade para quem procura investir em um carro usado com preços abaixo dos praticados no mercado, já que muitos deles poderão voltar a circular.

O pregão também oferecerá veículos em condição de sucata aproveitável, que poderão ser adquiridos pelas empresas de comércio de peças usadas, e veículos com sucatas inservíveis, que precisam ser prensados e a comercialização de peças é proibida.

Os lances são feitos pela internet (clique aqui).  até o momento dos leilões exclusivamente on-line.

O leilão ocorrerá de 30 de julho até 7 de agosto pela empresa Kronberg Leilões,  com automóveis e motocicletas.

Aos interessados em adquirir os veículos para circulação, o leiloeiro aconselha visitar os carros e motos antes de dar o lance, além de se informar sobre datas.

De acordo com ele “ um veículo destinado à circulação não significa que basta arrematar e sair rodando. Isso só pode ser feito depois que o veículo é transferido para o nome do arrematante, cujo prazo  não é curto, podendo demorar de 60 a 90 dias entre a compra e a possibilidade de transferência para o nome, porém o leiloeiro e a PRF liberam o veículo para o arrematante ir arrumando o que precisar e fazer reparos necessários, com todo tempo disponível antes.”

Os 360 veículos são distribuídos em lotes e o edital do leilão foi publicado e está disponível no site da Kronberg Leilões, com detalhes dos veículos, os locais e horário para a visitação, lances iniciais, além de direitos e responsabilidades dos arrematantes.

 

Com informações: Paraná Portal

Continue Lendo

Geral

Paraná recebe 298,2 mil vacinas da AstraZeneca; lote contém apenas segundas doses

Foto: Gilson Abreu/AEN

As doses da AstraZeneca/Fiocruz devem ser destinadas integralmente para a segunda dose da 20ª e da 21ª remessa, que atendeu os grupos de comorbidades, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores do transporte aéreo, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento e forças armadas.

 

O Ministério da Saúde enviou na noite desta terça-feira (27) mais 298.250 vacinas contra a Covid-19 da AstraZeneca/Fiocruz ao Paraná. Este foi o terceiro envio do governo federal ao Estado em um único dia. Durante a tarde chegaram 233 mil vacinas, sendo 170 mil doses de CoronaVac/Butantan e 63 mil da AstraZeneca/Covax.

As doses da AstraZeneca/Fiocruz devem ser destinadas integralmente para a segunda dose da 20ª e da 21ª remessa, que atenderam os grupos de comorbidades, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores do transporte aéreo, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento e forças armadas.

As doses fazem parte da 32ª pauta de distribuição do Ministério da Saúde, que contempla o Paraná com 649.420 doses, sendo 298.250 AstraZeneca/Fiocruz, 63 mil AstraZeneca/Covax, 118.170 Pfizer/BioNTech e 170 mil CoronaVac/Butantan.

Resta somente o envio do lote da Pfizer, que deve chegar nesta quarta-feira (28) às 19h10 no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Até a noite desta terça-feira (27), o Paraná aplicou 7.677.518 vacinas contra a Covid-19, sendo 5.579.644 primeiras doses e 2.097.874 segundas doses ou dose única. O Estado vai somar, com o envio integral da 32ª pauta, 9.671.370 doses recebidas do Ministério da Saúde.

 

Fonte: AEN

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.