Conectado com

Agricultura

Emater realiza ações mais combater a cigarrinha do milho no município

Divulgação

O inseto chamado popularmente de “cigarrinha” tornou-se ao longo dos últimos anos uma das grandes preocupações os produtores de milho.

Ele se alimenta da seiva da planta de milho e realiza postura sob a epiderme da folha, preferencialmente na nervura central de folhas do cartucho.

A infecção ocorre na plântula de milho em estádios iniciais de desenvolvimento.

Esses microrganismos patogênicos proliferam nos tecidos e a planta apresenta os sintomas do enfezamento apenas na fase de produção.

No momento em que está sendo iniciado o plantio do milho da safrinha, profissionais do setor agronômico estão procurando monitorar as lavouras e orientar os produtores sobre as ações para prevenir a cigarrinha.

Um dos grandes especialistas no combate a cigarrinha no Estado do Paraná é o engenheiro da Emater de São Jorge do Ivaí, na Região de Maringá, Claudinei Antônio Michio, doutor em Fitosanidade.

Este profissional está monitorando uma lavoura de milho, no distrito de Bela Vista, em Marechal Cândido Rondon…

Continue Lendo
Publicidade

Agricultura

Produtor de Pato Bragado está desde sexta-feira (21) sem energia elétrica e “mete a boca” na Copel

O produtor bragadense Milton Führ, está desde a ultima sexta-feira (21) sem o fornecimento de energia elétrica em sua propriedade, localizada na Linha Progresso.

O produtor Milton “mete a boca” na Copel…..

 

Continue Lendo

Agricultura

Produtor Eno Pedde bate recorde de produção. “Colhemos média de 178 sacas por alqueire”

Continue Lendo

Agricultura

Câmara Federal conclui votação da MP do Agro

  Novo texto faz mudanças relacionadas ao crédito rural 

A Câmara dos Deputados concluiu a votação da Medida Provisória 897, conhecida como “MP do Agro” cujo texto prevê mudanças relacionadas ao crédito rural, ampliando em 5 bilhões de reais o valor do financiamento para o agronegócio no Brasil e permitindo que outros agentes financeiros, além dos bancos, façam empréstimos para produtores agrícolas.

A medida permite que o produtor rural divida sua propriedade em porções menores para usar como garantia em operações de crédito.

Hoje o produtor rural é obrigado a oferecer todo o terreno como garantia. Isso é problemático porque, por vezes, o imóvel vale mais que o valor do financiamento.

O texto-base já havia sido aprovado na semana passada e agora os deputados votaram os chamados “destaques”, que são trechos do projeto que são analisados separadamente.

O parlamento decidiu excluir do texto a parte que determinava o repasse de , pelo menos, 20% dos recursos dos fundos constitucionais do Nordeste , do Norte e do Centro-Oeste a bancos privados habilitados para a concessão de créditos.

Além disso, de acordo com o projeto, a análise dos empréstimos feitos com dinheiro desses fundo vai deixar de ser tarefa dos conselhos deliberativos das superintendências de desenvolvimento regional.

A Camara Federal também aprovou o destaque para permitir que os produtos rurais vinculados à Cédula de Produto Rural sejam considerados bens de capital essenciais à atividade empresarial do emitente e com isso, esses produtos podem ser objeto de ações judiciais e incluídos em processos de recuperação judicial.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.