Conectado com

Geral

Pesquisa indica que 30% dos docentes da rede estadual estão no grupo de risco

Com planejamento para o retorno das aulas presenciais, 16 das 27 unidades da federação não sabem quantos dos professores de suas redes de ensino têm mais de 60 anos ou comorbidades que podem agravar os sintomas do coronavírus.

Os estados que fizeram esse levantamento identificaram que até 40% de seus docentes estão neste grupo.

A grande proporção de professores em grupo de risco e que não poderão retornar às escolas fez com que estados e municípios iniciassem a contratação de novos docentes de forma emergencial ou por concursos públicos realizados anteriormente.

Para especialistas e sindicatos de professores, é alarmante o número de estados que nem ao menos sabe quantos dos profissionais da educação não poderiam retornar às escolas neste momento.

Segundo eles, a falta de um levantamento indica a falta de organização para a reabertura.

Em Alagoas e na Paraíba, por exemplo, ainda não há previsão de retorno às aulas, mas foi feito o levantamento com os professores para identificar quantos são do grupo de risco para planejar como seria a reabertura.

Nos dois estados, mais de 40% dos docentes têm mais de 60 anos ou comorbidades.

Por isso, as duas secretarias já identificaram que o retorno, quando for possível, será no modelo híbrido ou seja, com aulas presenciais e atividades a distância.

Ainda assim, será preciso a contratação de novos docentes para garantir que haja a oferta de todas as disciplinas e em todas as séries presencialmente.

No Paraná, que previa o retorno das aulas em setembro, mas adiou a volta, o levantamento indicou que 30% dos docentes estão no grupo de risco.

No Amapá, eles identificaram que 20% dos professores estão nos grupos de maior vulnerabilidade para a doença.

Além da grande proporção de professores nesses grupos, as secretarias também consultaram famílias e profissionais e identificaram que a maioria não se sente seguro para o retorno e por  isso, decidiram adiar por tempo indeterminado a reabertura.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Marechal Rondon registra nova redução nos casos ativos de covid-19

O município de Marechal Cândido Rondon registrou novamente queda no numero de casos ativos de coronavirus.

O boletim de quinta-feira (17) registrava 108 casos ativos; e o de hoje (18) confirmou 96 casos ativos.

O boletim indica que dos 589 casos de Covid-19 já registrados no município, 96 rondonenses  ainda estão ativos sendo transmissíveis do vírus.

Dos casos ativos, quatro estão internados na UTI, dois na UPA e hospital, e 90 estão em isolamento domiciliar.

O município já registrou 488 casos recuperados da doença e cinco óbitos.

Há ainda 644 pessoas em monitoramento e 128 casos suspeitos aguardando resultado do exame, sendo que destes suspeitos, três pessoas estão internadas na UTI e duas pessoas na UPA.

4.292 pessoas já foram liberadas da quarentena e 3315 casos suspeitos foram descartados.

Continue Lendo

Geral

Marechal Rondon registra novo aumento expressivo de casos ativos de coronavírus

O município de Marechal Cândido Rondon registra novamente um expressivo aumento no numero de casos ativos de coronavirus.

O boletim anterior, da data de ontem (17) confirmavam 79 casos ativos da doença; o boletim de hoje (18) confirma são 108 casos ativos.

98 casos suspeitos de covid-19 aguardam o resultado do exame.

O boletim indica que dos 587 casos de Covid-19 já registrados no município, 108 rondonenses  ainda estão ativos sendo transmissíveis do vírus.

Dos casos ativos, quatro estão internados na UTI, três na UPA e hospital, e 101 estão em isolamento domiciliar.

O município já registrou 474 casos recuperados da doença e cinco óbitos.

Há ainda 671 pessoas em monitoramento e 98 casos suspeitos aguardando resultado do exame, sendo que destes suspeitos, três pessoas estão internadas na UTI e outra uma pessoa na UPA.

4.194 pessoas já foram liberadas da quarentena e 3309 casos suspeitos foram descartados.

Continue Lendo

Geral

Policia define linha de investigação no assassinato do sócio da Quenn Anne em Salto Del Guaira

Ainda não foram liberadas novas informações a respeito do assassinato do empresário Cristóbal Rojas, o “Nene”, socio do Shopping Quenn Anne, de Salto Del Guaira, no Paraguai.

Na terça-feira a tarde, ele foi visitar o túmulo do seu filho, no cemiterio de Salto, de onde segundo testemunhas, foi sequestrado por dois homens que utilizaram o proprio veículo da vitima,uma camionete Toyota Hillux, para fugir.

Familiares somente acionaram a policia e comunicaram sobre o desaparecimento do empresário na madrugada de quarta-feira, sendo que no decorrer da manha do mesmo dia, o corpo dele foi encontrado, apresentando sinais de tortura antes de ser baleado e morto.

O ministro do Interior do Paraguai, Euclides Acevedo, adiantou que as autoridades trabalham com a hipótese de que o assassinato do socio do Shopping Quenn Anne, estaria vinculado a Operação Status.

Mais detalhes nao foram revelados, apenas de que o crime pode ser uma espécie de efeito colateral, em virtude das  associações economico-financeiras ligadas às casas de câmbio no país vizinho.

A Promotoria paraguaia confirmou que o empresario assassinado tinha participação majoritária em uma das casas de câmbio intervencionadas no âmbito da Operação Status.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.