Conectado com

Política

Reabertura da Estrada do Colono é debatida em audiências no Oeste e Sudoeste

A reabertura da Estrada do Colono foi debatida ontem a noite em audiência pública na cidade de Capanema, no Sudoeste do Estado.
Evento similar está marcado para hoje, a partir das 19h00, no auditório da Prefeitura de Medianeira.

 A aposta está no incremento econômico e no turismo 

O caminho de cerca de 17 km que corta o Parque Nacional do Iguaçu foi fechado por determinação da Justiça Federal em 2001.

As audiências fazem parte dos trâmites para a aprovação do Projeto de Lei 984/2019, do deputado federal Vermelho, que cria a categoria de unidade de conservação estrada-parque e institui Estrada-Parque Caminho do Colono.

O presidente Jair Bolsonaro diz que, se depender do governo federal, Estrada do Colono pode ser reaberta.

A estrada foi aberta inicialmente em 1954, 15 anos depois da criação do Parque Nacional do Iguaçu, ligando as cidades de Capanema e Serranópolis do Iguaçu.

Fechada pela primeira vez em 1986 por decisão judicial que apontou danos ambientais à reserva, o caminho foi reaberto em 1989, quando moradores da região passaram a cobrar uma espécie de pedágio para quem optasse por usar a estrada.

Em 2001, por determinação da juíza federal Marga Inger Barth Tessler, o Exército, a Polícia Federal e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis voltaram a fechar a estrada.

Contrários à reabertura, como o Observatório de Justiça e Conservação, defendem que a proposta coloca em risco a preservação da unidade e a segurança da região por facilitar a entrada de caçadores ilegais e por voltar a se tornar uma rota de traficantes de drogas e de mercadorias contrabandeadas.

Já políticos que defendem a reabertura do caminho apostam no incremento à economia dos municípios com a exploração do turismo na região.

Uma proposta semelhante foi apresentada em 2013 por meio de projeto de lei de autoria do então deputado federal Assis do Couto, que atualmente tramita no Senado Federal.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

TSE autoriza partidos a fazer convenções virtuais

O Tribunal Superior Eleitoral autorizou os partidos a realizar convenções partidárias por meio virtual para a escolha dos candidatos que disputarão as eleições 2020.

Um grupo de trabalho vai definir as regras 

O posicionamento foi uma resposta à consulta formulada pelo deputado federal Hiram Manuel sobre o tema, diante do quadro de pandemia do coronavírus enfrentado com o distanciamento social, conforme orientação da Organização Mundial da Saúde.

Em relação à data das eleições, cujo primeiro turno está marcado para 4 de outubro, o TSE mantém a posição de que ela só poderá ser adiada por decisão do Congresso.

No Legislativo, a discussão atual é de um adiamento para dezembro, sem prorrogação de mandatos.

Pelo calendário atual, as convenções devem ser realizadas entre o dia 20 de julho e 5 de agosto.

O relator, ministro Luis Felipe Salomão, ponderou que caso sejam virtuais, elas devem seguir as regras previstas em lei, além de respeitarem as normas partidárias e a democracia interna das legendas.

Além disso, ficou definido que os partidos têm autonomia para utilizarem as ferramentas tecnológicas que entenderem mais adequadas para suas convenções.

Para o ministro, negar a adoção do formato virtual equivaleria a ignorar a realidade enfrentada no combate à doença e, diante do Calendário Eleitoral, poderia inviabilizar etapa imprescindível à concretização de eleições democráticas e transparentes.

Projeto aprovado recentemente pelo congresso estabelece que associações, sociedades e fundações devem observar as restrições a eventos presenciais até 30 de outubro, priorizando assembleias virtuais.

Apesar de não se referir especificamente às convenções partidárias, o mesmo entendimento pode ser aplicado por analogia.

O TSE também pretende criar um grupo de trabalho para estudar e definir regras com ênfase especial nas convenções virtuais.

Continue Lendo

Geral

Entre Rios do Oeste recebe maior recurso financeiro da história em uma única vez

O município de Entre Rios do Oeste recebeu o maior volume de recursos da história em uma única vez, a fundo perdido, do Governo do Estado.

Somente nessa semana, o deputado estadual Hussein Bakri viabilizou recursos na ordem de 01 milhão e 850 mil reais para o município entrerriense.

Foram R$ 350.000,00 para aquisição de um Caminhão Pipa; R$ 500.000,00 para recape asfáltico; e R$ 1.000,000.00 para construção do trevo de acesso a fabrica de Rações da Copagril.

O prefeito Jones Heiden recebeu a autorização para realização da licitação para construção do trevo, na PR-495, acesso a Fábrica de Rações, do secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex…

 

O recurso foi intermediado pelo deputado estadual e líder do governo na Assembléia Legislativa, Hussein Bakri…..

 

O prefeito Jones Heiden cumpriu agenda nessa semana em Curitiba e fala da autorização para licitar a construção do trevo, obra que era cobrada há mais de 15 anos…..

 

 

 

Continue Lendo

Geral

Prefeito Marcio anuncia mais quatro obras em Marechal Rondon

O prefeito de Marechal Rondon anunciou quatro novas obras, que juntas somam cerca de R$ 6 milhões: todas elas receberão investimentos com recursos próprios.

A primeira obra anunciada é a última etapa de recapeamento asfáltico sobre pedras irregulares na rodovia que liga a PR 467 ao distrito de Novo Horizonte, trecho entre o Clube Lira e o Contorno Oeste.

Serão feitos 14.980,00 m². O investimento será de R$ 1.349.163,02. A licitação desta obra teve recurso e reabrirá na próxima semana.

Outro trecho de recapeamento asfáltico anunciado pelo prefeito, compreende a estrada que liga o distrito de Novo Três Passos até a Esquina Bandeirantes.

Serão executados 22.238,04 m² e o investimento será de R$ 1.679.572,08.

O edital de licitação deverá ser aberto no decorrer do mês de junho e a obra poderá ser iniciada em meados de julho.

Rauber anunciou também reperfilamento e asfalto sobre pedras irregulares na estrada que liga os distritos de Bela Vista e Novo Horizonte. O investimento será de R$ 1.442.473,26 para a execução de 18.000 m². O lançamento do edital de licitação acontecerá nesta quinta-feira, dia 04.

Por fim, foi anunciada a pavimentação poliédrica na rua Campo Sales, trecho entre a Avenida Capitão Heitor Mendes e as proximidades da Igreja Católica de Porto Mendes.

O investimento será de R$ 410.025,49. O lançamento do edital também acontecerá na quinta-feira, dia 04.

O prefeito Marcio Rauber fala das tratativas que viabilizaram a execução de mais quatro importantes obras..

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.