Conectado com

Policial

Suspeito do assassinato de “Soró” não seria rondonense e estaria foragido

Reprodução Facebook

A Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon está empenhada para esclarecer o assassinato Gilberto Duarte de Andrade, de 46 anos, o “Soró”, mas ainda não pode adiantar o que já conseguiu apurar.

Nesses termos se manifestou o delegado Rodrigo Baptista Santos, ao ser questionado ontem, quinta-feira, sobre o andamento das investigações em torno do homicídio ocorrido na noite da última segunda-feira.

Embora ele mantenha sigilo quanto ao que já foi possível apurar, comentários dão conta que a Polícia Civil já teria conhecimento sobre o possível autor e a motivação do crime.

O mais provável é que o crime tenha origem passional, o que justifica o sigilo adotado no processo de investigação, e extraoficialmente o autor ou mandante do assassinato não seria morador de Marechal Rondon.

O delegado afirma que está dando uma atenção prioritária ao inquérito, as diligências continuam para localizar o provável autor do crime e não há dúvidas sobre o esclarecimento do caso nos próximos dias.

O rondonense Gilberto Duarte de Andrade, de 46 anos, conhecido como “Soró”, foi assassinato por volta das 20h00 da última segunda-feira, dia 02, na porta de sua moradia.

Ele residia na Rua Travessa Santo Cristo, nas proximidades do cruzamento com a Avenida Irio Jacob Welp, e foi alvejado por disparos de arma de fogo no pescoço e no braço.

Informações dão conta que o criminoso teria batido palmas na frente da casa e chamado por “Soró”, o qual foi atender e acabou sendo surpreendido pelos disparos feitos a queima-roupa.

Pessoas ligadas a ele revelaram que a vítima já teria recebido ameaças de morte nos últimos meses, o que pode contribuir para que a Polícia Civil elucide o homicídio.

Geral

PRv de Marechal Rondon apreende veículo com cigarros contrabandeados

A Policia Rodoviária Estadual posto de Marechal Rondon realizou na manha desta quarta-feira (08), uma nova apreensão de cigarros contrabandeados do Paraguai.

No entrocamento das PRs 585 e 317, entre os municípios de Toledo e São Pedro do Iguaçu, os policiais deram ordem de parada a um automóvel Astra com placas de Curitiba, cujo condutor desobedeceu à determinação e empreendeu fuga.

No momento em que tentava fugir da viatura, o carro ficou desgovernado e caiu em um barranco.

O contrabandista fugiu para uma região de mato e não foi mais localizado.

O carro Astra, com placas de Curitiba, estava carregado com cigarros contrabandeados do Paraguai.

Policiais rodoviários estaduais de Marechal Rondon estão registrando a ocorrência.

O veículo e o contrabando serão encaminhados para a Receita Estadual de Cascavel.

Continue Lendo

Geral

Acusado de estuprar sobrinhas de 05 e 07 anos é preso em Mercedes

Como parte da Operação Hórus, policiais militares do Batalhão de Polícia de Fronteira cumpriram ontem, terça-feira, mandados de prisão nas cidades de Mercedes e Entre Rios do Oeste.

Inicialmente a equipe policial recebeu denúncia anônima dando conta que o morador de uma determinada residência, em Mercedes, possuía um mandado de prisão em aberto.

No local indicado pela denúncia os policiais do BPFron se depararam com um homem de 37 anos, cuja identidade não foi revelada, contra quem havia sido decretada prisão pelo crime de estupro de vulnerável.

Informações dão conta que no ano de 2013, em Mercedes, o acusado teria estuprado suas duas sobrinhas menores de idade, sendo uma de 05 e a outra de 07 anos, e por isso estava sendo procurado pela Justiça.

Outra prisão em cumprimento a mandado judicial aconteceu ontem, em Entre Rios do Oeste, a partir de abordagem feita a um veículo Gol.

A considerar que o condutor portava pequena quantidade de maconha, os militares do Batalhão de Fronteira levantaram sua ficha criminal e constataram a existência de um mandado de prisão em aberto.

Em relação a esse caso, não foi revelado o crime pelo qual o acusado teve a prisão decretada.

Também no âmbito da Operação Hórus, em Entre Rios do Oeste, foi apreendido na tarde de ontem, terça-feira, um caminhão carregado com cerca de 300 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai.

A equipe policial observou uma movimentação suspeita em uma propriedade rural, no entanto, com a aproximação das viaturas, as pessoas que lá se encontravam fugiram a pé em meio a vegetação.

Com a constatação de que transportava o ilícito, o caminhão Mercedes Benz foi encaminhado com o contrabando à Delegacia de Polícia Federal de Guaira.

O prejuízo aos contrabandistas girou em torno de 800 mil reais, mas por enquanto nenhum dos envolvidos foi preso.

 

Continue Lendo

Policial

PRF registra números recordes de apreensões no Paraná

Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 66.100 quilos de drogas no Paraná durante o primeiro semestre deste ano.

Também foram apreendidas 29 milhões e 500 mil de carteiras de cigarro e 63 armas de fogo.

Do total de drogas apreendidas, 64.600 quilos são de maconha; 1.100 quilos de cocaína; e 1.759 pessoas presas.

No mesmo período de 2019, a PRF havia registrado 13.700 quilos de maconha e 906 quilos de cocaína.

O total de 64.600 quilos maconha representa um aumento de quase 5 vezes em relação às 13.700 quilos apreendidos no primeiro semestre do ano passado.

O total de 29 milhões e 500 mil carteiras de cigarro contrabandeadas do Paraguai representam um aumento de mais de 2 vezes em relação às 11 milhões e 900 mil carteiras recolhidas no primeiro semestre de 2029.

O número de pessoas presas aumentou 38% em relação ao ano passado, quando os agentes prenderam 1.273 pessoas.

No primeiro semestre deste ano, 1.759 pessoas foram presas e, destas, 299 por envolvimento com o tráfico de drogas e 283 tinham relação com o contrabando.

Entre os meses de janeiro e junho deste ano, as equipes da PRF apreenderam ainda 7 toneladas de agrotóxicos, contra 805 quilos apreendidos no mesmo período em 2019.

A PRF, no primeiro semestre, realizou diversas operações onde o policiamento orientado pela inteligência ajudou a aumentar o número de apreensões e prisões relacionadas ao tráfico de drogas e ao contrabando.

A maior apreensão de maconha realizada este ano pela PRF em território paranaense ocorreu em Palotina, em abril deste ano.

Equipes da PRF e da PF apreenderam 8.300 quilos maconha, 02 fuzis, 14 pistolas e 7.200 munições.

No final do semestre, no dia 29 de junho, agentes da PRF apreenderam 3.300 quilos de maconha que estavam escondidas sob uma carga de soja, na BR-272, em Francisco Alves.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.